Notícias

Turismo em Minas Gerais cresceu 7,0% no primeiro trimestre de 2024

No primeiro trimestre de 2024, o turismo em Minas Gerais apresentou um desempenho notável, segundo análise do Núcleo de Estudos Econômicos da Fecomércio MG.

Com um crescimento de 7,0%, Minas Gerais se destacou como o segundo estado com melhor desempenho no volume de atividades turísticas, ficando atrás apenas da Bahia, que registrou um avanço de 7,3%. Em contrapartida, o crescimento nacional do turismo foi de apenas 0,4% no mesmo período.

Este primeiro trimestre marcou um indicador histórico para o turismo mineiro, desconsiderando os dois anos anteriores que tiveram desempenhos elevados devido à base de comparação fraca causada pela pandemia. Em 2023, o crescimento foi de 24,30%, enquanto em 2022, foi de 69,20% no mesmo trimestre.

Aumento na circulação de passageiros e voos

Os dados revelam um aumento significativo na circulação de passageiros no principal aeroporto de Minas Gerais, com um crescimento de 15,3% em relação ao mesmo período do ano anterior, totalizando quase 2 milhões de passageiros. O número de voos também subiu, registrando um incremento de 3,0%, com quase 32 mil voos entre decolagens e pousos nos três primeiros meses de 2024.

Crescimento do turismo internacional

Entre janeiro e março de 2024, Minas Gerais recebeu 13.540 turistas estrangeiros, um aumento de 31,8% em comparação com 2023, que contabilizou 10.273 turistas. A maioria dos turistas vieram de Portugal (4.663), Estados Unidos (1.637), Colômbia (1.553), Alemanha (1.494) e Reino Unido (787), que juntos representaram 75% dos visitantes estrangeiros.

Fatores econômicos que influenciam o turismo

Gilson Machado, economista da Fecomércio MG, destacou alguns fatores econômicos que têm contribuído para o bom desempenho do turismo em Minas Gerais. O mercado de trabalho está aquecido, a taxa básica de juros diminuiu em comparação aos períodos anteriores e a confiança do consumidor está em alta. Além disso, a Semana Santa, uma tradição significativa no estado, impulsionou a atividade turística em março.

Análise dos últimos 12 meses

Nos últimos 12 meses, de abril de 2023 a março de 2024, o volume de atividade turística em Minas Gerais teve um crescimento expressivo de 11,20%, sendo o melhor desempenho entre as Unidades da Federação analisadas, seguido pelo Rio de Janeiro (10,9%) e Bahia (9,1%). Em contraste, Ceará e Distrito Federal apresentaram quedas de 7,7% e 3,5%, respectivamente. No contexto nacional, o crescimento foi de 4,4%.

Impacto no mercado de trabalho

Com o bom desempenho do turismo, o mercado de trabalho formal em atividades relacionadas ao setor também mostrou crescimento. Entre abril de 2023 e março de 2024, foram contratados quase 16 mil profissionais, um aumento de 5,4% no número de carteiras de trabalho ativas, que atualmente totalizam 308.575 profissionais. Este número supera o período pré-pandemia, quando a crise sanitária resultou na extinção de 43.951 empregos no setor. Desde então, foram adicionados mais de 60 mil profissionais ao mercado de trabalho, recuperando e superando as perdas.

Comparações mensais e influências sazonais

No comparativo anual, de março frente a março de 2023, o volume de atividade turística em Minas Gerais teve um crescimento de 3,7%, superando o avanço nacional de 0,5%. Entre as UF’s, Bahia e Santa Catarina se destacaram com crescimentos de 16,6% e 8,8%, respectivamente, enquanto Espírito Santo e Goiás registraram quedas de 12,5% e 9,2%.

Na comparação mensal, Minas Gerais apresentou um crescimento de 0,2% em relação a fevereiro, acompanhando o desempenho nacional. Das 12 UF’s analisadas, apenas cinco registraram crescimento no período, com Bahia (9,8%) e Santa Catarina (4,5%) à frente. Por outro lado, Distrito Federal e Ceará tiveram quedas de 6,2% e 3,7%.

Projetos e investimentos no turismo

Gilson Machado destacou a importância de projetos como o “Minas Santa 2024”, lançado pelo governo estadual, que promoveu ações em mais de 600 cidades mineiras durante a Semana Santa. Este projeto celebra as tradições e religiosidades do estado, contribuindo significativamente para os bons resultados do turismo.

“O desempenho do turismo em Minas Gerais é reflexo da riqueza cultural, gastronômica, econômica e da diversidade que o estado possui. Com mais de 430 museus, 92 unidades de conservação, diversas cidades históricas, cachoeiras e eventos que movimentam a economia local, o estado se destaca no cenário nacional. Além disso, investimentos públicos e privados, como o projeto Descubra Minas da Fecomércio MG, têm sido essenciais para a promoção do turismo no estado”, enfatizou Machado.

Leia mais:

Fonte: Balcão News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *