Notícias

PC de Minas lança plataforma sobre pessoas desaparecidas

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) lançou, ontem, quarta-feira, uma plataforma online utilizando o Microsoft Power BI, que disponibiliza dados sobre pessoas desaparecidas e localizadas em todo o estado.

Esta iniciativa visa aumentar a transparência e a eficiência na divulgação de informações sobre desaparecimentos em Minas Gerais.

Os dados estão disponíveis para consulta pública e podem ser acessados pela internet. A plataforma permite analisar de forma detalhada o cenário dos desaparecimentos desde 2019 até o presente, facilitando o acesso a informações essenciais para a sociedade e autoridades.

Segundo o delegado Diego Fabiano Alves, diretor de Estatística e Análise Criminal da Superintendência de Informações e Inteligência Policial (SIIP/PCMG), os dados foram extraídos da Base Integrada de Segurança Pública (Bisp), alimentada pelo sistema de Registro de Evento de Defesa Social (Reds). Ele destaca a importância do preenchimento correto e detalhado do Reds para garantir a precisão das informações.

A delegada Ingrid Estevam, chefe da Divisão Especializada de Referência da Pessoa Desaparecida (DRPD), afirma que a nova ferramenta contribuirá significativamente para a compreensão do cenário de desaparecimentos no estado. A plataforma oferece um “mapa” detalhado dos desaparecimentos, incluindo o número de desaparecidos e localizados, além de perfis detalhados dos desaparecidos, o que ajudará na otimização de políticas públicas voltadas para a localização dessas pessoas.

Para a delegada Alessandra Wilke, chefe do Departamento Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o projeto demonstra o compromisso da PCMG com a eficiência e a transparência na abordagem dos desaparecimentos. A disponibilização desses dados para o público representa um avanço significativo na forma como o estado lida com essa questão sensível.

A plataforma também será útil para a imprensa, permitindo que jornalistas acessem dados rapidamente e com autonomia. A jornalista e analista da PCMG, Iriana Mol, ressalta que os filtros de busca disponíveis na plataforma ajudarão os jornalistas a encontrar informações relevantes para suas reportagens de forma mais eficiente.

Acesso à Plataforma

Os interessados podem acessar a plataforma de dados sobre pessoas desaparecidas e localizadas em Minas Gerais por meio deste link.

Fonte: Balcão News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *